O ácido mortal da morte mortífera... que mata

Cuidado! As próximas linhas contêm uma descrição muito violenta e sangrenta, se você for hipertenso, grávida, tiver estômago fraco ou for simplesmente um covarde, leia esse texto, porque eu vou adorar te ver passando mal.

 

20:00pm Hoje é um dia muito feliz, porque eu vou matar muita gente. Comprei um pote de um super-ácido no mercadolivre, e vou jogar na tubulação de água. Todos que beberem água vão morrer.

 

20:30pm Não estou conseguindo abrir o pote, deve ser aquela maldita tecnologia a prova de crianças. Vou pegar uma faca pra cortar.

 

20:37pm Aiaiaiaiiiaaiaiaiai... aaaaaaaaaiiiiiii, me cortei com a faca, meu dedinho ta doendo. O que é isso? Sangue? Eu tenho pavor de sangue, acho que vou desmai... “ ”

 

21:40pm Acordei agora, meu dedo ainda está doendo, e o pote fechado. Vou abrir esse pote nem que seja a última coisa que eu faça.

 

22:07pm Peguei o pé-de-cabra para bater no pote... quando ergui o pé-de-cabra acertei a lâmpada e tomei um choque.

 

22:25pm Apoiei o pote com meu pé e dei uma machadada nele... acho que não vou voltar a andar tão cedo... o pote continua ileso.

 

23:00pm  Quando o trem passar por cima dele ele vai abrir. O trem das 10 está no horário, que milagre. É melhor eu sair correndo de cima dos trilhos... lembrei de um detalhe, eu dei uma machadada no pé e não consigo andar. O TREM VEM VIND.... “ ”

 

23:47pm Pelo menos agora eu perdi o medo de sangue, porque tem muito por aqui. O pote está fechado, se ele tivesse boca estaria rindo da minha cara. Vou voltar pra casa e usar a melhor amiga de um psicopata: A Dinamite.

 

00:59am 137 quilos de TNT e 5, 4, 3, 2, 1...

 

01:01am Minha casa explodiu, a rua explodiu, eu explodi, e olha só o pote voando... e ... ele está abrindo em pleno ar. OBAAAAAAAaaaaaaaaaaa, CONSEGUI.... espera um pouco, o pote aberto, cheio de ácido, está vindo pra cá... aaarrrghhhh!!!!

 

01:11am – Não sei quando, nem como, mas eu vou fazer um plano para amanhã a noite.

 

Cana-de-Sal

05:00am – Hoje vou executar o meu plano mais diabólico: transformar todo o açúcar do mundo em sal. Farei isso regando todas as plantações de cana-de-açúcar com água do mar ao invés de água doce.

 

05:29am – Enchi um caminhão pipa com água salgada e vim para um canavial onde fui abordado por alguns trabalhadores bóias-frias.

 

6:12am – Os bóias-frias me disseram que não era hora de regar nada e que, já que eu queria tanto trabalhar, teria que ajuda-los com a colheita.

 

7:05am – Cortar cana até que não é tão difícil assim, estou me saindo muito bem.

 

7:15am – Não agüento mais tanto trabalho, minhas costas estão doendo, minhas mãos estão sangrando, e os bóias-frias estão me chamando de “mocinha da cidade”.

 

11:00am – Hora do almoço, só que... eu não trouxe meu almoço, estou morrendo de fome e de sede, vou ver o que eu encontro no caminhão.

 

11:17am – Não tem nada nesse caminhão, que sede, e ... ele está cheio de água. Só um golinho! Não vai fazer mal.

 

12:30pm – Um conselho: NUNCA BEBAM ÁGUA SALGADA!!! Quando minha dor de barriga passar eu faço um novo plano para amanhã à noite, agora deixa eu sair da moita e voltar para o trabalho, porque ainda tem muita cana para cortar.

[ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sul, CIANORTE, Homem, de 15 a 19 anos
MSN - phlavius@hotmail.com
Visitante número: